Dicas de pintura

pintura

O apartamento, na visão da construtora, é entregue pintado. Na minha visão, o que eles fazem é só um arremedo de pintura, porque a tinta utilizada é de baixíssima qualidade. Por isso, decidimos pintar todo o apartamento. De branco, porque eu adoro paredes brancas. Contratar um pintar estava fora de questão, não só pelo custo, mas principalmente pelo tempo. Então meu marido pilotou o rolo de pintura e, em um único final de semana, paredes e tetos receberam uma bela tinta.

 

Quando recebemos o nosso outro apartamento, ele estava pintado com tinta com brilho. É bonita, só que ressalta qualquer imperfeição – da parede, da massa corrida ou mesmo da pintura. Também nos preocupamos com a durabilidade da tinta. Como temos filho pequeno, ela precisa resistir a eventuais sujeiras. Acabamos optando pela Rekolor Acrílico Praia e Campo, das Tintas Renner, pelo que ela promete:

- Super resistência à maresia e umidade
- Altíssima proteção contra algas e mofo
- Máxima resistência a manchas e ao desbotamento
- Excelente cobertura e rendimento
- Super lavável
- Sem Cheiro após 3h da aplicação

“Possui baixo VOC (Compostos Orgânicos Voláteis) não agredindo o meio ambiente e pode ser lavada diversas vezes sem prejudicar a pintura. Garante sofisticação e harmonia aos ambientes com finíssimo acabamento e baixíssimo odor. Possui máximo poder de cobertura, ótimo rendimento, boa resistência à alcalinidade, ao mofo e à formação de algas. Fácil de aplicar e seca rápido, proporciona boa impermeabilização da superfície.”

Além dessas informações, no site das Tintas Renner tem as especificações necessárias, incluindo a quantidade de água que é preciso adicionar, para diluir a tinta. Porque toda tinta precisa ser diluída na hora da aplicação. Para a que usamos, a recomendação é usar 20% de água, para pintura com rolo de lã ou pincel.

pintura2

pintura3

pintura4

As paredes do meu pequeno apartamento são de drywall – gesso acartonado. Mas como a superfície já havia sido nivelada e recebido massa corrida, foi possível pular toda essa parte mais trabalhosa e demorada e partir para a pintura em si. Não sem antes retirar os espelhos das tomadas e dos interruptores. Como o apartamento ainda estava sem piso, sem lustres e sem nada, não foi preciso se preocupar em proteger muita coisa.

pintura5

Geralmente, a indicação é que se comece pelo teto e depois se vá para as paredes. Como não sabíamos se o tempo disponível – dois dias – daria conta de tudo, invertemos a ordem. Primeiro as paredes, teto por último. Como tudo foi pintado de branco, com a mesma tinta, não tivemos problemas. Foram duas demãos em tudo. A indicação do fabricante é de que a segunda demão deve ser aplicada quatro horas após a primeira. No meu pequeno apartamento, o tempo de secagem foi um pouco maior, para evitar contratempos. A tinta foi misturada com 20% de água e, como não tinha nada melhor a mão, o recipiente usado foi um garrafão de água mineral cortado – como se vê na foto =) Para a mistura de tinta e água ficar bem homogênea, é preciso mexer bem. (Os mexedores também foram improvisados, com pedaços de madeira que estavam no lixo do condomínio).

pintura6

Escada, extensor, bandeja e rolo de lã de qualidade são fundamentais.

pintura7

pintura8

Depois de pintar com o rolo, tem que partir para a finalização, com pincel, para os pontos em que o rolo não chega ou para onde não se quer sujar – como perto dos espelhos das janelas e portas.

pintura9

Paredes todas pintadas, forros todos pintados, sobrou tinta. Aí foi hora de colocar em prática um projeto reserva que tínhamos: colorir uma das paredes do craft-room-home-office. Para isso, no domingo de manhã, numa ida rápida ao supermercado, vimos aqueles tubinhos de corantes e resolvemos testar. Compramos um Corante Tingidor da Renner, amarelo. (Depois vi no site que existem nove cores disponíveis). Todo o conteúdo do tubo resultou em um amarelo médio. Se você está querendo uma cor bem forte, vai precisar de mais de um, com certeza.

pintura10

E a parede foi ganhando cor.

pintura11

Quase até os cantos.

pintura12

Pincel em punho…

pintura13

E tudo pronto! Para fazer o acabamento, use um pincel de qualidade, bem limpo e teste antes para ver qual a quantidade ideal de tinta – para não borrar e nem ficar faltando.

Sobre a pintura em geral, num primeiro olhar, não se nota muita diferença. É só quando a gente presta atenção aos detalhes é que percebe o quanto está melhor. Então, se alguém me pergunta se valeu a pena pintar, a resposta é rápida: com certeza =)

Para saber mais:

-A tinta que compramos

-O corante que usamos

-A tinta foi comprada na Leroy Merlin

-O corante foi comprado no Bourbon

4 thoughts on “Dicas de pintura

  1. Gostaria de saber se pode misturar a cal com tinta branca para aplicar em muro, caso positivo qual a proporção ( cal – tinta – água )?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>